Arquivo da categoria: Bolsas | Concursos | Ofertas de Emprego | Estágios

FameLab 2017 – novo prazo de candidatura

Caro (a) amigo (a),

Como não queremos que ninguém fique de fora do maior concurso de comunicação de ciência do mundo, decidimos alargar o prazo para envio dos vídeos até 26 de Março.

Ponha o seu talento de comunicador de ciência em acção e envie-nos o seu vídeo, com a duração máxima de três minutos, através do formulário. Pode gravá-lo com o telemóvel, em casa, sem nenhuma sofisticação técnica: o importante é mesmo a sua capacidade de comunicar ciência.

As melhores comunicações serão apuradas para a semi-final, que terá lugar a 22 de Abril, na Fundação Calouste Gulbenkian. Os finalistas seleccionados por um júri presencial frequentarão uma Masterclass de comunicação de ciência, a decorrer nos dias 29 e 30 de Abril, na Fundação Calouste Gulbenkian, e que contará com a participação de Malcom Love, antigo produtor da BBC, que actualmente percorre o mundo a ajudar cientistas a comunicar melhor com o público e com os media. A final nacional disputa-se no Pavilhão do Conhecimento – Centro Ciência Viva no dia 14 de Maio.

O vencedor irá representar Portugal na final internacional, a decorrer no Festival de Ciência de Cheltenham, no Reino Unido, entre os dias 6 e 11 de Junho de 2017.

Esta é uma iniciativa conjunta da Ciência Viva, do British Council e da Fundação Calouste Gulbenkian.

Submeta a sua candidatura aqui até 26 de Março.

Saiba mais aqui.

Visite o site oficial do FameLab Portugal e acompanhe-nos no Facebook.

Recrutamento de 1 (um) Técnico Superior Clínica da Mulher

CENTRO HOSPITALAR DE SÃO JOÃO, EPE AVISO
Recrutamento de 1 (um) Técnico Superior Clínica da Mulher

O Centro Hospitalar de São João, EPE, pretende admitir 1 (um) Técnico Superior para o Laboratório da Unidade de Medicina da Reprodução, em regime de contrato individual de trabalho, correspondente a uma carga horária semanal de 40 horas.

Ler mais

Concurso Jovens Cientistas 2017

Até 21 de abril, estão abertas as candidaturas para a 25ª edição do Concurso para Jovens Cientistas. Para os melhores projetos há mais de 5.000€ em prémios e a oportunidade de participarem em certames internacionais com os trabalhos das mais variadas áreas de estudo: Biologia, Ciências da Terra, Ciências do Ambiente, Ciências Médicas, Ciências Sociais, Economia, Engenharias, Física, Informática/Ciências da Computação, Matemática, Química e Bioeconomia.

A participação no 25º Concurso para Jovens Cientistas destina-se a estudantes do ensino básico, secundário ou primeiro ano do ensino superior, com idades compreendidas entre os 15 e os 20 anos. Os jovens devem apresentar um projeto científico inovador que tenha sido concluído antes da entrada no ensino superior.

Esta edição é organizada pela Fundação da Juventude, em colaboração com a Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Cientifica e Tecnológica. Este concurso tem como objetivos promover ideais de cooperação e intercâmbio entre jovens cientistas e investigadores, estimulando o aparecimento de jovens talentos nas áreas da Ciência, Tecnologia, Investigação e Inovação.

A avaliação e a seleção dos trabalhos cabe a um Júri designado pela Ciência Viva – Agência Nacional para Cultura Científica e Tecnológica, o qual integra professores e investigadores de reconhecido mérito das diferentes áreas científicas envolvidas, para além de representantes da Fundação da Juventude, da Ciência Viva e da Agência Portuguesa do Ambiente.

Promovido pela Fundação da Juventude com o apoio da Fundação EDP, Câmara Municipal do Porto, Fundação Luso-Americana de Desenvolvimento, Astrazeneca, Porto Editora, Lipor, Agência Portuguesa do Ambiente e Intel, o Concurso pretende incentivar um espírito competitivo nos jovens, através da realização de projetos científicos inovadores.

A submissão de trabalhos deve ser feita até 21 de Abril através do formulário disponível em www.fjuventude.pt/jcientistas2017, sendo divulgado durante o mês de maio, no website do concurso, os projetos selecionados que vão estar presentes na 11ª Mostra de Ciência, que irá decorrer de 1 a 3 de junho de 2017, no Centro de Congressos da Alfândega, no Porto.

Two exciting positions at Senckenberg Biodiversity and Climate Research Institute, Frankfurt, Germany

Two exciting positions at Senckenberg Biodiversity and Climate Research Institute, Frankfurt, Germany

Future impacts of climate and land-use change for global biodiversity

Please contact Dr. Christian Hof (christian.hof@senckenberg.de) in case you need any further information.

*Postdoctoral Researcher*

The successful applicant will investigate potential futures for the 
global biodiversity of vertebrates under different climate and land-use change scenarios. He/she will employ cutting-edge species distribution and macroecological diversity modelling to produce global projections of biodiversity and species vulnerability assessments. The position is part of the project “BioScen1point5”, funded by the German Federal Ministry of Education and Research.

Your profile:
– PhD degree in ecology, biogeography or a related field, preferably 
with a focus on large-scale analyses of species distributions, species 
richness, phylogenetic and/or functional diversity
– Research interests in the fields of macroecology and global change 
ecology, creativity and enthusiasm for scientific work
– Proficiency in species distribution modelling, advanced statistical 
analyses with R and in handling large databases of environmental and distribution data
– Excellent written and oral communication skills in English (knowledge of German is not mandatory, but beneficial)
– Documented ability to publish in international journals
– Ability to work in a team and under the pressure of limited time resources

*Data/IT-specialist*

The successful applicant will work on the management, processing and analyses of data to support the investigation of potential futures for the global biodiversity of vertebrates under different climate and 
land-use change scenarios. He/she will support the analyses producing global projections of biodiversity and species vulnerability 
assessments. The position is part of the project “BioScen1point5”, 
funded by the German Federal Ministry of Education and Research.

Your Profile:
– MSc degree in computer science, geography, biology, environmental 
science or another relevant field
– Strong background in managing and processing large databases, 
preferably of environmental and biodiversity data
– Strong expertise in geographic information systems (GIS)
– Interests in the fields of biodiversity research and global change 
ecology, creativity and enthusiasm
– Beneficial are the expertise in advanced statistical analyses with R
– Good communication skills
– Proficiency in English (knowledge of German is not mandatory, but 
beneficial)
– Ability to work in a team and under the pressure of limited time resources