Mensagem de Natal do Bastonário

Caros colegas,

estamos a chegar ao fim de um ano atípico. Um ano em que foram cancelados milhares de eventos que afetaram o trabalho dos biólogos: projetos de investigação interrompidos, congressos e reuniões de trabalho cancelados ou passados para plataformas digitais, aulas, cursos e formações que perderam o indispensável contacto pessoal (ou a presença em laboratório) e passaram para online, e tantas outras atividades, teses, projetos pessoais ou profissionais que de alguma forma foram prejudicados.

Mas foi também um ano no qual a relevância dos biólogos, enquanto profissionais, se tornou mais visível: colegas Técnicos Superiores de Saúde e Especialistas em Analises Clínica e Genética Humana da Ordem dos Biólogos, que estiveram por detrás da maior parte dos mais de 4 milhões de testes Covid-19 realizados no país, colegas investigadores que contribuíram de forma muito relevante para a sequenciação de milhares de amostras de vírus identificados em Portugal e para projetos de investigação relacionados direta ou indiretamente com a pandemia; colegas professores que em todos os ciclos do Ensino se adaptaram rapidamente a aulas não-presenciais ou presenciais com restrições prejudicando ao mínimo os seus alunos; colegas especialistas em áreas da saúde como a epidemiologia, que têm sido chamados a colaborar de perto com as autoridades públicas de saúde; colegas nas áreas do Ambiente, da Biotecnologia e da Segurança Alimentar que contribuíram para que os nossos cidadãos não deixassem de ter acesso a serviços, a alimentos e a outros bens de primeira necessidade e de uma forma generalizada colegas que nas mais variadas áreas continuaram a trabalhar para o bem comum.

O facto de a Ordem dos Biólogos ter sido convidada para participar em comissões e diferentes grupos de trabalho da área da saúde e do ambiente, são ilustrativos da visibilidade que os biólogos tiveram, numa clara demonstração da sua versatilidade, transdisciplinaridade e competência.

Embora seja normalmente incorreto elogiar pela negativa, devo confessar que me congratulo com o facto de não ter surgido nenhuma iniciativa de “biólogos pela verdade”, à semelhança do que tem acontecido com outras áreas, dando espaço a campanhas de desinformação e a intoxicação com teorias da conspiração. Os biólogos têm-se pautado por intervenções rigorosas baseadas na ciência, e pela divulgação de factos científicos relevantes para o esclarecimento da sociedade. Obrigado a todos pelo vosso trabalho, sério e de valor.

Este é também um ano diferente, porque marca o final de um ciclo de 4 anos do presente Conselho Diretivo e de 7 anos em que me mantive como bastonário da Ordem dos Biólogos. Esta será, por isso, a última mensagem de Natal que enviarei aos meus colegas biólogos, membros da nossa Ordem. Dentro de um mês saberemos quem são os candidatos aos Corpos Sociais da Ordem dos Biólogos, nos quais eu não serei candidato, por limitação de mandatos decretada nos nossos estatutos.

Assim, é com muita amizade e alguma emoção que desejo a todos um Feliz Natal e um Novo Ano que seja substancialmente melhor do que este que agora finda, que nos traga mais solidariedade, tolerância, respeito e todos os valores que se revelaram de enorme importância para ultrapassar as dificuldades deste ano, mas que seguramente se irão prolongar por uma boa parte de 2021.

Sempre disse que a Ordem dos Biólogos é a nossa casa, e a nossa casa será aquilo que quisermos que ela seja. Continuemos a trabalhar para que seja um local onde todos nos sintamos confortáveis e para a qual sempre possamos contribuir para a tornar num local fraterno, seguro, livre e plural.

Com os desejos de um Feliz Natal para todos os Biólogos, até breve, até sempre,

4º Fórum do CNS – Apresentação do Estudo “Participação Pública em Saúde

Vai realizar-se no próximo dia 16 de Dezembro, entre as 11H e as 12H30 por videoconferência, o 4º fórum do Conselho Nacional de Saúde com o objectivo de fazer a apresentação do estudo Participação Pública em Saúde. A inscrição é obrigatória para obter os dados de acesso.

Para mais informações aceda ao site aqui.

Conferência “Lipids in the Ocean”

A Universidade de Aveiro acolhe, entre os dias 5 e 8 de Julho de 2021, a segunda edição da Conferência “Lipids in the Ocean”. Este evento destina-se sobretudo a investigadores, estudantes e outros interessados nesta temática, e tem como objetivo compartilhar conhecimentos, especialização e novas ideias sobre lipídios marinhos e aprimorarem o conhecimento sobre o estudo e as possíveis aplicações dessas biomoléculas. A submissão de resumos tem a data limite de 1 de Abril de 2021.

Para mais informações aceda ao site aqui.

Versão digital da Lista Vermelha da Flora Vascular de Portugal Continental

Já está disponível a versão digital da publicação Lista Vermelha da Flora Vascular de Portugal Continental para consulta e descarregamento em formato PDF. Esta publicação contém a síntese das fichas de avaliação do risco de extinção das 381 espécies que se encontram actualmente ameaçadas de extinção e das 19 espécies extintas em Portugal continental. Pode fazer o descarregamento do ficheiro aqui.

Palestra Quintas do MARE

No próximo dia 17 de Dezembro vai ter lugar mais uma palestra do ciclo Quintas do MARE, organizadas pelo Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE). Esta sessão vai ter como tema Avaliação dos impactos das alterações climáticas: plâncton como sensores biológicos pela investigadora Sónia Cotrim. Pode assistir à vídeo conferência nesta ligação.

Seminário Ricardo Jorge “A estratégia de vacinação contra a gripe em Portugal”

O Instituto Ricardo Jorge vai organizar, no dia 10 de Dezembro, o seminário A estratégia de vacinação contra a gripe em Portugal: cobertura, efetividade e impacto na população com elevado risco de complicações pós-infeção por gripe.
O evento decorrerá em formato online via Teams, entre as 11h00 e as 12h30.
A participação é gratuita mediante inscrição até ao dia 8 de Dezembro.

Pode fazer a sua inscrição aqui.