Bastonário da Ordem dos Biólogos no II Fórum de Ciências Biológicas – UTAD

No dia 24 de fevereiro de 2017, o Bastonário da Ordem dos Biólogos esteve na UTAD (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro) a convite da Comissão Organizadora do evento, para apresentar uma palestra sobre “A Biologia e o mercado de Trabalho”. Após a sua apresentação, esteve no stand da OBio a conversar com os estudantes que se mostraram bastante interessados em saber mais sobre as vantagens de ser “Membro Estudante” da OBio.

Auditório Aula Magna UTAD 24 fevereiro 2017
Auditório Aula Magna UTAD 24 fevereiro 2017

O stand da OBio esteve montado durante toda a manhã, onde recebeu vários estudantes que solicitavam informações, esclareciam dúvidas e inscreviam-se como membros estudantes.

BASTONÁRIO DA ORDEM DOS BIÓLOGOS EM SESSÃO DE ESCLARECIMENTO NO ENCONTRO DE ESTUDANTES DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

O Bastonário da Ordem dos Biólogos, foi convidado pelo NEB/AAC para uma sessão de esclarecimentos sobre a profissão de Biólogo, bem como falar sobre as saídas profissionais, no dia 21 de fevereiro.

Nesse mesmo dia, o Senhor Bastonário foi ainda convidado a jantar com os estudantes na República dos Galifões (uma República de Estudantes tradicional de Coimbra, considerada Património da Humanidade pela UNESCO, e que comemora, no presente ano, 70 anos de existência). Foi fundada em 1947 por 11 estudantes da Universidade de Coimbra, desde então tem sido um espaço de vivência comunitária, debate, intervenção política e cultural na cidade e no país. Para recordar a data, deixamos aqui uma foto com todos os estudantes que estiveram presentes juntamente com o Bastonário da OBio.

Foto tirada na entrada da República que através da pintura conta a sua história

Após o jantar e uma excelente confraternização, o Bastonário seguiu para o Anfiteatro 3 do Departamento de Ciências da Vida, pelas 21h para a Sessão de esclarecimentos com estudantes da Universidade de Coimbra. Os alunos bastante interessados tiraram dúvidas, expuseram os seus receios em relação às saídas profissionais e no final do encontro, fizeram-se membros estudantes da Ordem dos Biólogos.

Champalimaud Research Symposium 2017 – “Physiology: from development to disease”

Physiology
from development to disease

The 2017 Champalimaud Research Symposium, with the theme “Physiology: from development to disease” will be held in Lisbon, Portugal from the 9th to the 11th of October 2017. The Symposium will be a single-track scientific meeting with 14 invited speakers.  It will focus on modern physiology in development, aging, immunity and cancer, bridging cutting edge biology research with disease oriented research, and will feature a keynote lecture from Professor Bob Horvitz, winner of the 2002 Prize in Physiology or Medicine, shared with Sydney Brenner and John Sulston, “for their discoveries concerning genetic regulation of organ development and programmed cell death”.

More information

ADVANCED COURSE: HOW TO WRITE A SCIENTIFIC PAPER (IN ONE DAY)?

The objective of the course is to give graduate students and postdocs an all-round knowledge on communicating science in a number of academic contexts. Although imperative for ‘survival’ in academia, these skills are usually not or only partly taught in university courses.

REGISTRATION

Registration deadline: March 15, 2017

All participants should submit an abstract of their most recent paper or project

Exposição “Reis da Europa Selvagem – os nossos últimos grandes carnívoros”

Venha conhecer o Lobo a partir de dia 2 de março na exposição “Reis da Europa Selvagem – os nossos últimos grandes carnívoros”, no Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

Sabia que o lobo é muito mais familiar do que imaginamos?
Muitos de nós temos descendentes seus em nossas casas: os cães.

A domesticação decorreu ao longo de milhares de anos, culminando, após a selecção levada a cabo pelo Homem, nas mais de 350 raças caninas que hoje são reconhecidas. Talvez os lobos que deram origem a todos os nossos cães tenham sido adoptados como guardas; ou talvez tenham sido eles a adoptar os humanos, acompanhando-os em busca de alguns restos de comida. Certo é que um predador desde sempre temido e acossado
acabou por dar origem ao nosso melhor amigo.  

Foto: Taiga nature & photo

“Charcos com Vida” (15h)

Descrição/objectivos

O valor dos charcos é frequentemente desconhecido pela população em geral, mas na verdade apresentam uma importância ecológica e ambiental notável, uma vez que muitas plantas aquáticas e animais (como anfíbios, macro e micro-invertebrados) estão totalmente dependentes destes habitats para sobreviver ou reproduzir-se. Alguns estudos mostram que o conjunto de charcos de uma bacia hidrográfica pode inclusivamente albergar mais biodiversidade do que os rios e os lagos, bem como um maior número de espécies raras e ameaçadas. Os charcos, dada a sua reduzida dimensão e facilidade de construção e visitação em contexto urbano, são também importantes recursos educativos, pois permitem a realização de numerosas atividades de carácter lúdico-científico.

Local:
Sessões teóricas: Quinta Pedagógica de Braga, Caminho dos Quatro Caminhos, Real, 4700-288 Braga
Sessões práticas:  Urbanização das Andorinhas, 4700-359 Braga

Programa
29 de abril – Manhã
09h30 –Tipologias, importância e biodiversidade dos Charcos; Apresentação da Campanha Charcos com Vida; Inventariação e caracterização de charcos; Caracterização e inventário biológico de charcos;  Atividades pedagógicas de sala; Abordagens, normas e metodologias para a visita a um charco – 3h00
12h30 – Pausa para almoço

Tarde
14h00 – Atividades pedagógicas de  sala e campo – 2h00
17h00 – Observação e identificação do material biológico recolhido – 1h00

13 de maio – Manhã
09h30 – Técnicas e materiais para criação de charcos – 1 hora
10h30 – Planeamento e desenho de um charco – 1 hora
11h30 – Gestão de charcos – 1 hora
12h30 – Pausa para almoço

Tarde
14h00 – Construção e impermeabilização de um charco – 4 horas

Noite (opcional)
18h00: Pausa para jantar
20h00: Saída de campo nocturna para observação de anfíbios. A participação nesta atividade é opcional e gratuita . Recomenda-se o uso de lanterna frontal, galochas e agasalho impermeável.

Aceda aqui à Ficha de Inscrição